Newsletter
SEMANAS DE MODA | COLEÇÕES
29 abr 16

SPFW 41 | verão 2017 PAULA RAIA

A poesia de PAULA RAIA traduzida em peças de vestir...delineada através de suas próprias palavras, conforme descritas abaixo, traduzem na íntegra a coleção apresentada sob aplausos...

A coleção foi construída com materiais que simulam a ação do tempo.  Sedas feltradas à mão lembram uma paisagem sépia vista através de janelas empoeiradas, bordados em ponto francês remetem ao acúmulo de líquen que cresce sobre árvores e paredes, tules de algodão frágeis como gazes e teias, peças que trazem trepadeiras aplicadas como se estas tivessem se apoderado da arquitetura precisa das roupas, cores desbotadas e envelhecidas, trilhas compostas por cordas de algodão com suas pontas desatadas e estampas craqueladas como pinturas que sofreram a ação tempo. Detalhes de camisaria servem como contraponto de resistência à força do tempo e camadas de tecido reproduzem os sedimentos de uma topografia dos sonhos.

01

1

2

3

4

7

8

9

Paula-Raia-RS17-9667

Paula-Raia-RS17-9678

Paula-Raia-RS17-9695

Paula-Raia-RS17-9703

Paula-Raia-RS17-9710

Paula-Raia-RS17-9715

Paula-Raia-RS17-9734

Paula-Raia-RS17-9740

spfw41-paula-raia4

Betty Rachíd
Deixe um comentário
SEMANAS DE MODA | COLEÇÕES
26 abr 16

SPFW 41 | Verão 2017 RTW / Raquel Davidowicz

"Não faz muito tempo que li uma matéria falando sobre o processo criativo de Raquel Davidowicz da UMA. Ela não se preocupa com tendências sim em agradar e atender aos desejos e anseios de uma clientela mais que especial."

Para entender seu processo criativo é preciso conhecer a marca desde o início. É preciso viajar com ela através do conhecimento e do aprimoramento constante que fez de Raquel  uma estilista superexigente com ela mesma e com que produz. 

A Uma é aquela marca que cresceu devagar e sempre, no seu tempo, aprendendo e reaprendendo a desafiar as intempéries da difícil tarefa de produzir moda sem perder sua essência.

O que ela trouxe para a SPFW41: Além de uma pegada esportiva, trouxe blusas longas, peças amplas, macacões. Incluiu maiô e tops de alça bem femininos e atrevidos.  Quanto às cores, tivemos na passarela tons clarinhos como o Serenity apontado como cor especial pela Pantone. Vários tons de nude e terrosos lindos que remete à aridez do Sertão. Teve jeans com uma pegada mais street e moderna sem preconceitos. A dupla preto e amarelo é tão linda juntos que se torna perturbador, transformando o look na hora ; muito jeans (100% algodão) aparece assimétrico, repensado; tinturados manuais manchados; cetim de seda com elastano. O tecido mais comentado do ano, o veludo também deu o ar da graça. Enfim, Uma é Única.

200416-uma-spfwn41-1

200416-uma-spfwn41-6

200416-uma-spfwn41-11

200416-uma-spfwn41-15

200416-uma-spfwn41-20

200416-uma-spfwn41-31

200416-uma-spfwn41-25

200416-uma-spfwn41-29

200416-uma-spfwn41-37

Betty Rachíd
Deixe um comentário