Newsletter
Bem Estar
02 dez 16

REFLEXÃO…

O bem mais valioso de nossa época não é o diamante nem o petróleo, a fórmula da Coca-Cola ou o sorriso da Natalie Portman: é o tempo.

ah_lj_01

A falta de tempo é geral e irrestrita, tão democrática

quanto a calvície, a saudade e a morte:

eu não tenho tempo,

você não tem

 

O bem mais valioso de nossa época não é o diamante nem o petróleo, a fórmula da Coca-Cola ou o sorriso da Natalie Portman: é o tempo. Obedecendo à lei da oferta e da procura, quanto mais escasso ele fica, mais caro nos é. A seca temporal é geral e irrestrita, tão democrática quanto a calvície, a saudade e a morte: eu não tenho tempo, você não tem tempo, o Eike Batista não tem tempo, o cara que está vendendo bala no farol, em agônica marcha atlética para recolher os saquinhos dos retrovisores, antes que se abra o sinal, também não tem.

Como vocês devem saber, o principal sintoma dessa doença crônica – sem trocadilho – é a ansiedade. Toda manhã, flagro-me aflito, escovando os dentes, com pressa. Vejo-me batendo os pés no hall, enquanto o elevador não chega. Até o segundo que o cursor do celular leva para piscar, num SMS, permitindo-me digitar outra letra da mesma tecla, deixa-me exasperado.

Antigamente, não era assim. Na minha infância, os dias tinham 30 horas, alguns chegando mesmo a 40, se bem me lembro. Não, não é que eu faça hoje mais coisas do que antes. Já pensei nisso. Mas veja só quantas obrigações eu tinha no passado: cinco horas na escola, lição de casa, inglês, bateria, natação, jantar com os pais toda noite, sem contar os séculos, ao vivo ou ao telefone, tentando convencer alguma menina a beijar-me na boca… E, mesmo assim, ainda sobravam infinitos latifúndios improdutivos, impossíveis de se ocupar, por mais que assistisse à televisão, tirasse cochilos vespertinos, lesse livros, fosse às casas dos amigos jogar videogame, falar mal dos outros ou simplesmente juntar nossos tédios, olhar as paredes e escutar o tic-tac dos relógios.

Das duas, uma: ou as horas eram mais abundantes do que hoje, ou então tinham uma incrível capacidade regenerativa, que perderam. E a cada duas ou três   por:  Mário Prata

Betty Rachíd
Deixe um comentário
Bem Estar
31 out 16

SAÚDE E BEM ESTAR | OUTUBRO ROSA “AINDA” NÃO ACABOU – PREVINA-SE!

Bem vindos à nossa nova TAG sobre Saúde e Bem-Estar com a Drª Denise Coelho

Pequenos cuidados femininos que previnem doenças #OutubroRosa

Ser mulher moderna não é fácil, pois são tantos compromissos tanto profissionais, quanto familiares que acabam gerando muito nervosismo, tensão e estresse e isso com ou sem TPM. Com certeza você já ouviu falar (várias vezes) que a saúde vem sempre em primeiro lugar, mas geralmente acabamos a deixando nas últimas posições de nosso ranking de prioridades.

Ou pior, só lembramos-nos dela quando ficamos doentes e cá para nós, ficar doente é muito ruim, pois além de você ficar indisposta e com dores, parece que o mundo vai ficar de pernas pro ar só porque você obrigatoriamente teve que parar – e tudo resolve parar junto!

Ter saúde é ter qualidade de vida que está interligada com a beleza e foi pensando nisso que resolvi escrever este artigo para te lembrar de algumas dicas simples e fáceis que te deixarão com uma saúde de causar inveja. Confira!

thumbnail_doencas-femininas

1. Tome sol e aproveite para se exercitar

Sabia que tomar sol pela manhã é excelente para o combate a depressão? Isso mesmo! E a explicação é muito simples. É através do astro rei que adquirimos a famosa e importante vitamina D que também ajuda no combate a pressão alta e diabetes.

Basta tomar 15 minutos de sol antes das 10 horas da manhã ou após as 15 horas. Aproveite o momento para fazer alguma atividade física como correr, pedalar ou caminhar. O seu organismo agradece!

2. Crie o hábito de tomar chás calmantes

Hortelã, Camomila, Erva Cidreira e outras delícias da natureza são excelentes para melhorar o seu estômago, aliviar a tensão diária e auxilia muito na hora de dormir, ou seja, é um santo remédio para quem sofre de insônia.

3. Faça exercícios regulares

Praticar um esporte, dançar, frequentar uma academia ou qualquer atividade ao ar livre em que precise movimentar o seu corpo fará com que o seu organismo seja fortalecido e evitará vários problemas que o sedentarismo provoca como obesidade, hipertensão, colesterol e até diabetes.

4. Beba bastante água

Você sabe, não dá para viver sem beber água, pois a bebida é fundamental para a sobrevivência dos seres em geral. Quando você ingere regularmente bastante água a sua pele fica mais bonita e hidratada, previne problemas de rins e também aquelas incômodas dores de cabeça que te deixam de mal humor. Então a dica é: beba água sem moderação!

5. Não se sente em assentos sanitários públicos

Sabia que muitas doenças surgem pelo simples fato de se sentar no assento sanitário público? A HPV é uma delas. Isso sem contar que você fica sem saber o que contrai e nem imagina que

foi exatamente lá que tudo começou. Os banheiros públicos, como o próprio nome indica, são utilizados por muitas pessoas – saudáveis e doentes!

6. Lave as mãos antes e após usar o banheiro

Talvez você tenha aprendido como eu que se deve lavar as mãos somente após usar o vaso sanitário. Entretanto, é importante que as lave antes também, pois com elas sujas você pode passar para o seu corpo as bactérias presentes. Não se esqueça disso!

Dicas simples não? E elas fazem toda a diferença na sua rotina. Não as desconsidere, pois sua saúde precisa de hábitos simples. Concorda? Opine nos comentários abaixo.


Denise Coelho é blogueira e médica ginecologista e obstetra. Apaixonada por internet e por sua profissão, criou o blog Portal Bebês para auxiliar mulheres, mamães ou não, a cuidarem melhor da saúde.

Betty Rachíd
Deixe um comentário
Beleza, Bem Estar, lifestyle
11 out 16

Ao lado da mãe, Sabrina Parlatore relata sua batalha contra o câncer de mama

Apresentadora dá depoimento emocionante em campanha do Instituto Avon

sabrina-parlatore

Sabrina Parlatore (Foto: Divulgação)


Sabrina Parlatore e sua mãe, Marcia Tauil, são protagonistas de um emocionante vídeo em prol do Outubro Rosa – mês do combate ao câncer de mama. Desenvolvida pelo Instituo Avon, a campanha traz o depoimento emocionante de Sabrina, que enfrentou a doença.

“No primeiro dia da quimioterapia, eu comecei a chorar. E ela perguntou para a enfermeira: eu não posso fazer no lugar dela?”, relata.

Crédito: Vgue Brasil

Betty Rachíd
Deixe um comentário
Bem Estar
22 jul 16

Você tem problemas difíceis na sua vida? Resolva aqui.

Então veja essa campanha “Somos Todos Iguais”, da AACD até o final. Aposto que algumas lágrimas cairão de seus olhos e seus “pequenos grandes” problemas se tornarão insignificantes.

Para mim, a melhor campanha desenvolvida por uma agência até hoje. Com certeza, eles conseguiram sensibilizar as pessoas com relação aos desafios enfrentados diariamente pelos deficientes físicos.

A campanha foi desenvolvida pela agência Z+ do Grupo Havas e em parceria com a produtora Honey Bunny,

A IDEIA: Uma “máquina revolvedora de problemas” foi colocada no parque do Ibirapuera, com câmeras escondidas que captaram as reações das pessoas ao verem o que acontece assim que a tela se abre. Aliás, essa cabine está circulando por São Paulo e sensibilizando profundamente as pessoas.

 

Então, você ainda acha que tem problemas?

A gente pode te ajudar!

Betty Rachíd
Deixe um comentário